Notícias

Dream Park define cronograma de obras até inauguração da primeira etapa

05/09/2018

O diretor comercial do Dream Park, Vinicius Andrade, apresentou o cronograma de obras do maior parque aquático conceitual do Brasil, com 109 mil m², que está sendo erguido na Grande Goiânia, no município de Hidrolândia, 35 km ao sul da capital goiana. Além disso, Vinicius justificou os atrasos pontuais que impediram que as obras atingissem o grau esperado de conclusão, como o longo período chuvoso em 2017 e 2018 e a falta de infraestrutura de energia onde o complexo de lazer está sendo construído. "Todas as falhas que contribuíram para o atraso das obras foram identificadas e sanadas, por isso garantimos a entrega da parte 01 da primeira etapa em 28 de dezembro de 2018 e em março de 2019 a inauguração da primeira etapa completa, com a totalidade das obras no segundo semestre do ano que vem", assegurou.

Neste momento, 95 colaboradores trabalham nas obras do Dream Park, em serviços como a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que terá capacidade para o tratamento de 330m³ de detritos por dia, e a do piso de cimento salgado. Também já começaram os serviços de assentamento do revestimento cerâmico da recepção e os trabalhos de instalação de todas as portas de madeira do clube, que devem terminar nos próximos 30 dias.

Outros serviços como a instalação do forro de gesso, as instalações de combate a incêndio, o revestimento cerâmico da piscina, a impermeabilização da casa de máquinas e toda a estrutura de concreto do clube estão sendo todas finalizadas. Atualmente, as obras que estão com mais de 90% dos serviços concluídos são as de terraplanagem, instalações da recepção e o forro de gesso da primeira etapa. Também estão em fase de finalização toda a alvenaria do complexo, o revestimento argamassado e as coberturas. 

A partir de novembro, a área infantil do Dream Park, que será a maior do Brasil, e cujas obras já foram contratadas, estará aberta à visitação, a fim de que os sócios e demais interessados possam acompanhar os serviços. Já a partir de dezembro, com a transferência da sede administrativa para o Dream Park, já estarão à disposição dos sócios o restaurante e a brinquedoteca. A partir daquele mês, todos os processos documentais, como a emissão da carteira, poderão ser feitos no local, para que a partir de março os sócios possam usufruir da primeira etapa do clube. Também estarão prontos todo o prédio da recepção, a piscina Welcome e a área ao redor dela. 

A primeira etapa completa do Dream Park será entregue em março do ano que vem. E, como explica Vinícius, só a partir de então começará a ser cobrada a taxa de manutenção dos sócios, conforme expresso no contrato de compra e venda. "Este contrato rege que a cobrança só pode começar após a entrega da primeira etapa", esclarece.

 

Passaporte Familiar Vitalício

Com as obras do complexo de lazer em estágio avançado, o Dream Park decidiu encerrar a venda do Passaporte Familiar Vitalício no próximo dia 16 de setembro, ou enquanto durar este lote, caso ele se esgote antes desta data. A vantagem consiste na concessão de vários benefícios exclusivos aos sócios, como acesso ilimitado às dependências do parque, concessão de até 30% de desconto em produtos e serviços e a possibilidade de adicionar amigos ao plano. 

O Passaporte Familiar Vitalício pode ser adquirido na sede do Dream Park, na Avenida S-1, esquina com a T-14, no Setor Serrinha, ou nos pontos de venda dos principais shoppings de Goiânia e Aparecida de Goiânia. Mais informações podem ser obtidas no site www.dreamparkgo.com.br ou pelo telefone 3931-8282. O Dream Park é o clube da família goiana e o seu projeto já encantou gente do porte do cantor Gusttavo Lima, o garoto-propaganda oficial do empreendimento.


Dificuldades

Vinicius Andrade falou sobre as principais dificuldades que contribuíram para que o cronograma inicial de entrega de obras não fosse cumprido: as chuvas prolongadas entre 2017 e 2018 e a falta de infraestrutura de energia na área do parque, que se localiza na zona rural. Em relação às chuvas, Vinicius garante que elas não serão empecilho na próxima temporada chuvosa, devido ao avançado estágio das obras estruturais no Dream Park.

Já em relação à energia, o diretor comercial lembra que foi preciso formar um consórcio, em acordo com a ex-concessionária de energia em Goiás, a Celg, para levar eletricidade até o Dream Park. "No entanto, no meio do processo a empresa foi privatizada, o que atrasou todo o processo", explicou. "Agora, após tratativas com a Enel, que comprou as ações da Celg, não teremos mais esse tipo de problema".

"Compromisso e transparência são o nosso lema", afirma Vinicius Andrade.  "Além do mais, temos registrado no cartório de Hidrolândia um protocolo de intenções em que nos comprometemos a entregar a primeira etapa completa em março de 2019 e as obras do parque inteiro no segundo semestre do ano que vem", diz. O documento está disponível aos interessados com informações detalhadas nas centrais de atendimento do Dream Park.

⟨ VOLTAR